FIAP: Apresentação de Case: OriginalMy Blockchain

Olá, entusiastas da tecnologia! Se você já se perguntou como a era digital mudaria fundamentalmente a forma como pensamos sobre confiança, autenticação e contratos, permita-me levá-los a uma jornada através de uma inovação que está fazendo exatamente isso.

FIAP: Apresentação de Case: OriginalMy Blockchain

Video gravado pela equipe FIAP para o curso EAD de graduação.

Olá, entusiastas da tecnologia! Se você já se perguntou como a era digital mudaria fundamentalmente a forma como pensamos sobre confiança, autenticação e contratos, permita-me levá-los a uma jornada através de uma inovação que está fazendo exatamente isso. Bem-vindos ao fascinante mundo do blockchain!

Uma Crise de Confiança

Ao longo da história, o conceito de confiança tem sido central para as interações humanas. Instituições como bancos, cartórios e governos atuaram como intermediários para estabelecer essa confiança. Mas vamos ser honestos—muitas dessas entidades nos cobram um preço alto pelo "luxo" da confiança. Taxas bancárias e custos administrativos: tudo isso se acumula.

Surge o Blockchain: Um Game Changer

É por isso que o blockchain é tão revolucionário. Ele tem o potencial de eliminar essas instituições antiquadas. É uma tecnologia que cria uma camada de confiança onde ela nunca existiu antes. O belo é que você não precisa de um terceiro para dizer: "Sim, isso é legítimo".

O que é OriginalMy

Como muitos de vocês sabem, tenho trabalhado com o OriginalMy, uma plataforma que utiliza blockchain para autenticar documentos digitais. É um artista, escritor ou compositor? Você pode usar nossa plataforma para autenticar seu trabalho criativo, registrando-o permanentemente no blockchain. Isso garante que qualquer pessoa possa verificar a autenticidade do seu trabalho a qualquer momento.

Além da Arte e Criação: Para o Mundo dos Contratos

O interessante é que, depois de lançar nossa oferta inicial em 2015, focada em garantir a autenticidade do conteúdo digital, começamos a receber um pedido curioso. As pessoas começaram a nos perguntar: "Por que não podemos assinar contratos usando o OriginalMy?"

É uma pergunta legítima, dado os obstáculos que muitas vezes surgem em tribunais onde assinaturas digitais estão envolvidas. Quantas vezes ouvimos desculpas como "Eu não assinei isso" ou "outra pessoa usou meu computador para assiná-lo"? E nem vamos mergulhar no mundo complicado dos tokens bancários e transações não autorizadas.

Um Novo Paradigma para Assinaturas Digitais

Em resposta, desenvolvemos um protocolo robusto que identifica indivíduos via blockchain antes de permitir que assinem contratos. Chamamos isso de "identidade blockchain". Com essa nova camada de identidade, a questão de "Não fui eu que assinei" poderia muito bem se tornar coisa do passado. Ao implementar múltiplas camadas de controles de segurança, estamos avançando em direção à autoria à prova de falhas vinculada a cada assinatura.

O Futuro é Agora

Não é apenas uma plataforma ou um serviço que estamos construindo; é uma mudança de paradigma. OriginalMy faz parte de um movimento maior que está utilizando o blockchain para soluções do mundo real hoje. Então, da próxima vez que se encontrar navegando pelas águas turvas da confiança e dos contratos, lembre-se: o blockchain pode ser o seu farol.

Até a próxima vez, continue questionando, continue inovando e, o mais importante, mantenha-se curioso!


Transcrição

Na história da tecnologia, na história da humanidade, tivemos que criar confiança entre as pessoas e, para isso, instituições foram criadas. Essas instituições geralmente cobram um preço muito caro para garantir a confiança nas coisas. O banco cobra taxas, as instituições cobram impostos, tudo para garantir que essa confiança aconteça. E quando falamos de blockchain, é a primeira vez na história que você não precisa mais de instituições para várias finalidades diferentes, sejam elas financeiras, notariais, relacionadas a registros... OriginalMy é uma plataforma de autenticidade que usa blockchain como protocolo. Na prática, o que fazemos? Registramos a autenticidade de documentos digitais no blockchain.

Se, por exemplo, você é um autor, que produz obras de arte, um compositor, um pintor, um escritor, você pode autenticar essa obra artística sua no blockchain e qualquer pessoa em posse desse documento original pode verificar, a qualquer momento, se aquele conteúdo é autêntico ou não. Então, começamos primeiro garantindo a autenticidade do conteúdo digital, pensando em direitos de propriedade intelectual. Só que, depois de fazer essa primeira camada, que lançamos em 2015, as pessoas começaram a nos perguntar "por que não assinamos contratos com o OriginalMy?" Então começamos a pensar em modelos de assinatura que pudessem ser muito fortes.

Há um grande problema nos tribunais, especialmente, quando você assina um contrato digital: as pessoas geralmente alegam que "não fui eu quem assinou", "não fui eu que estava atrás do computador no momento da assinatura" ou "a empresa assinou por mim". Os bancos têm aquele token, e o banco tem uma cópia desse token que você tem. Muitas pessoas têm problemas com o banco porque coisas aparecem em sua conta que elas não autorizaram.

Então, pensando em todas essas dificuldades em identificar o autor daquela assinatura, desenvolvemos um protocolo para identificar pessoas com base no blockchain, para depois focar em assinar contratos. Podemos assinar contratos usando essa identidade blockchain (chamamos isso de identidade blockchain), usando essa nova identidade de forma que você prove que foi aquela pessoa que fez a assinatura naquele momento, através de vários controles de segurança, e temos implementado cada vez mais novos controles para aproximar a autoria da assinatura.